HOMEVersão ImpressãoMapa do Sítio
INICIAL
 

SERVIÇOS

ForAll, Lda

Sede:

Rua Conselheiro Miguel Dantas

n.¬ļ 10, Lj 16/17

4940 Paredes de Coura

 

Filial:

Rua de Santa Catarina,

1381- 1.¬ļ FRT

4000-457 Porto

 

HOR√ĀRIO DE ATENDIMENTO
Sede: 10h às 12h30 e das 14 às 19h30

Filial: hor√°rio por marca√ß√£o

 

T 222 022 295

T 934 472 129

E geral@forall.pt

 

SERVIÇOS

  • Psicologia
  • Terapia Familiar
  • Primeiros Socorros Emocionais /Psicol√≥gicos
  • Terapia de Casal
  • Media√ß√£o
  • Terapia da Fala
  • Psicopedagogia
  • Psicomotricidade
  • Supervis√£o Cl√≠nica
  • Forma√ß√£o

 Listagem de Servi√ßos

 

     Aquando da exist√™ncia de necessidades educativas especiais, as fam√≠lias com car√™ncias econ√≥micas podem recorrer ao apoio da Seguran√ßa Social atrav√©s do pedido de subs√≠dio de educa√ß√£o especial e ao qual n√≥s prestamos todo o apoio burocr√°tico

 

Psicologia

     Consulta Psicol√≥gica a Crian√ßas e Jovens

     Acompanhamento Psicopedag√≥gico

    Primeiros Socorros Emocionais / Psicol√≥gicos

     Consulta Psicol√≥gica a Adultos

     Avalia√ß√£o Psicot√©cnica de Condutores

     Avalia√ß√£o Psicol√≥gica

     Orienta√ß√£o Vocacional 9.¬ļ e 12.¬ļ anos

Terapia da Falas

     Crian√ßas / Adolescentes (0 aos 18 anos)

     Adultos

Psicomotricidade

Terapia Familiar e Terapia de Casal

Supervisão Clínica

Yoga

Pilates Clínico

Formação Profissional

 

 

Psicologia

 Consulta Psicol√≥gica a Crian√ßas e Jovens

O desenvolvimento deste servi√ßo tem como principal objetivo reestabelecer a qualidade de vida e de funcionamento das crian√ßas e jovens quer ao n√≠vel das emo√ß√Ķes/sentimentos, quer ao n√≠vel dos comportamentos. Atuamos nos seguintes quadros cl√≠nicos:

  • Dificuldades de Aprendizagem;
  • Ansiedade ou Depress√£o;
  • Enurese e/ou Encoprese;
  • Perturba√ß√Ķes Alimentares;
  • Perturba√ß√£o de Hiperatividade e/ou D√©fice de Aten√ß√£o (PHDA);
  • Perturba√ß√Ķes de Comportamento;
  • Autismo / Asperger;
  • Perturba√ß√£o de Ansiedade de Separa√ß√£o, Medos e Fobias;
  • Problemas do Sono.

Disponibilizamos acompanhamento a crian√ßas e fam√≠lias que estejam a experienciar situa√ß√Ķes de vida complexas:

  • Div√≥rcio/Separa√ß√£o;
  • Perda e Luto;
  • Doen√ßa prolongada;
  • Abuso e/ou neglig√™ncia.

Disponibilizamos também:

  • Consulta Psicol√≥gica a Adultos;
  • Avalia√ß√£o Psicot√©cnica de Condutores;
  • Avalia√ß√£o Psicol√≥gica (Q.I., Mem√≥ria ‚Ķ);
  • Orienta√ß√£o Vocacional para o 9.¬ļ e 12.¬ļ ano.

 

Acompanhamento Psicopedagógico

O profissional de Psicologia providência de forma individualizada a intervenção e o suporte para crianças e jovens que pretendam aumentar o seu rendimento escolar. Porque não aprendemos todos ao mesmo ritmo, nem com os mesmos métodos de aprendizagem, é importante incutir ao aluno um conjunto de alicerces para alcançar o sucesso.

 

Primeiros Socorros Emocionais ou Psicológicos

Os Primeiros Socorros Emocionais ou Psicol√≥gicos permitem dar resposta, em menos de 72h, a situa√ß√Ķes de crise, sendo que para tal √© necess√°ria forma√ß√£o espec√≠fica e experi√™ncia dos t√©cnicos que os prestam. Para isso a ForAll conta com especialistas no modelo CISM com certifica√ß√£o internacional.

Consulta Psicológica a Adultos

Avaliação Psicotécnica de Condutores

Avaliação Psicológica

Orienta√ß√£o Vocacional 9.¬ļ e 12.¬ļ anos

 

Terapia da Fala

Comunicar… uma necessidade básica do ser humano e essencial à sua qualidade de vida.

          O Terapeuta da Fala √© o profissional respons√°vel pela preven√ß√£o, avalia√ß√£o e tratamento da comunica√ß√£o humana e perturba√ß√Ķes relacionadas (CPLOL, 1999).

          Interv√©m em situa√ß√Ķes de altera√ß√Ķes ao n√≠vel da comunica√ß√£o/intera√ß√£o, da linguagem, da fala, da voz, da motricidade orofacial e da alimenta√ß√£o, na crian√ßa, no adolescente, no adulto e na pessoa idosa.

Crianças / Adolescentes (0 aos 18 anos)

            Ao longo do desenvolvimento podem surgir altera√ß√Ķes na comunica√ß√£o, linguagem ou fala, que poder√£o dificultar os relacionamentos sociais e prejudicar a realiza√ß√£o de aprendizagens escolares e a auto-estima das crian√ßas ou jovens. √Č fundamental detectar e acompanhar estas situa√ß√Ķes o mais precocemente poss√≠vel, pois dessa forma poder-se-√° limitar o seu efeito no desenvolvimento e prevenir futuras dificuldades.

          Intervimos em situa√ß√Ķes de:

               Perturba√ß√Ķes da comunica√ß√£o

               Atrasos do desenvolvimento da linguagem

               Perturba√ß√Ķes espec√≠ficas do desenvolvimento da linguagem

               Determinadas dificuldades da aprendizagem da leitura e escrita

               Altera√ß√Ķes ao n√≠vel da articula√ß√£o verbal

               Gaguez

               Disfonias (altera√ß√Ķes na voz)

               Altera√ß√Ķes ao n√≠vel da motricidade orofacial e da alimenta√ß√£o

          Em todas as situa√ß√Ķes √© realizada uma avalia√ß√£o, tendo em conta as caracter√≠sticas da crian√ßa, da sua fam√≠lia e do meio em que est√° inserida. Com base nessa avalia√ß√£o determina-se a necessidade, ou n√£o, de um acompanhamento direto. Caso esse acompanhamento seja necess√°rio, a interven√ß√£o terap√™utica desenvolve-se de acordo com um plano baseado nas necessidades espec√≠ficas de cada utente, tendo como objectivo m√°ximo promover a sua qualidade de vida.

Adultos

          Durante a vida adulta, poder√£o surgir altera√ß√Ķes ao n√≠vel da comunica√ß√£o e perturba√ß√Ķes com ela relacionadas, que limitam a participa√ß√£o da pessoa nas suas actividades di√°rias e que colocam em causa o seu bem-estar.

          Com o objectivo de promover a plena participa√ß√£o da pessoa no meio em que est√° inserida e a sua qualidade de vida, actuamos nas seguintes situa√ß√Ķes:

               Perturba√ß√Ķes na linguagem (Afasia)

               Altera√ß√Ķes articulat√≥rias

               Gaguez

               Disfonias (altera√ß√Ķes na voz)

               Disartria

               Apraxia

               Perturba√ß√Ķes na degluti√ß√£o

          As situa√ß√Ķes mais frequentes relacionam-se com a voz (que √© para alguns profissionais o principal instrumento de trabalho) e as altera√ß√Ķes associadas a patologias neurol√≥gicas (afasia, disartria e apraxia).

          As altera√ß√Ķes neurol√≥gicas que afectam a comunica√ß√£o nos adultos podem dever-se a Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC‚Äôs), Traumatismos Cranianos, doen√ßas degenerativas (Parkinson, Esclerose Lateral Amiotr√≥fica, etc.), entre outros. Nestas situa√ß√Ķes poder√° estar em causa a limita√ß√£o dos indiv√≠duos nos contextos que frequentam, sendo importante potencializar a comunica√ß√£o. Este profissional pode proporcionar estrat√©gias que permitam melhorar e incentivaro uso da fala e/ou de outras formas de comunica√ß√£o (quando a fala n√£o se revela eficaz), como o gesto, a escrita e o desenho, as quais poder√£o ser fundamentais para garantir a qualidade de vida do indiv√≠duo e da sua fam√≠lia.

 

 

Psicomotricidade

          A Psicomotricidade pode definir-se como sendo uma √°rea que procura entender e investigar as rela√ß√Ķes e as influ√™ncias entre o campo psicol√≥gico e o campo motor. Tendo como principal objectivo desenvolver a capacidade de ser e de actuar num contexto psicossocial.

          Podemos considerar a Educa√ß√£o Psicomotora uma ac√ß√£o de car√°cter pedag√≥gico e psicol√≥gico que utiliza os meios da Educa√ß√£o F√≠sica com o objectivo de normalizar ou melhorar o comportamento da crian√ßa.

          As √°reas de interven√ß√£o:

               F√≠sico (dispraxia, perturba√ß√Ķes do esquema corporal, de lateralidade, de estrutura√ß√£o temporal e espacial, problemas psicossom√°ticos, perturba√ß√Ķes da imagem corporal, desarmonias t√≥nico-emocionais, instabilidade postural, etc.)

               Cognitivo (d√©fices de aten√ß√£o, de mem√≥ria, de organiza√ß√£o perceptiva, simb√≥lica e conceptual, etc.)

               S√≥cio-afectivo (inibi√ß√£o, hiperactividade, agressividade, dificuldades de comunica√ß√£o, etc.).

          A Psicomotricidade interv√©m sobre express√Ķes motoras inadequadas ou inadaptadas, em situa√ß√Ķes ligadas a problemas de desenvolvimento e de matura√ß√£o psicomotora, de comportamento, de aprendizagem e de √Ęmbito psico-afectivo.

 

 

 Terapia Familiar

A Terapia Familiar tem como finalidade a procura de novas alternativas colocando em evid√™ncia a compet√™ncia da fam√≠lia, melhorar o n√≠vel de comunica√ß√£o e afetividade e potencializar as redes pessoais, profissionais e sociais. A ForAll possui uma equipa de t√©cnicos formados pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. Consideramos de extrema import√Ęncia a presta√ß√£o deste servi√ßo tendo em considera√ß√£o a necessidade eminente da media√ß√£o de casais em processos tutelares e de div√≥rcio e uma vez que estes recursos s√£o escassos na nossa Sociedade.

     Finalidade:

          Procura de novas alternativas colocando em evid√™ncia a compet√™ncia da fam√≠lia

          Melhorar o n√≠vel de comunica√ß√£o e afetividade

          Potencializar as redes pessoais, profissionais e sociais

     Destinat√°rios:

          Fam√≠lias que manifestam:

               Conflitos emocionais e relacionais conjugais

               Conflitos relacionais  parentais

               Apoio a fam√≠lias reconstitu√≠das

               Processo de luto

               Crian√ßas/Adolescentes com dist√ļrbios de comportamentos  ou problemas escolares

               Membro da fam√≠lia com ansiedade, depress√£o ou outros problemas do foro mental

  

Yoga

O Yoga é uma tradição milenar baseada numa filosofia de vida equilibrada e na realização de todo o potencial humano. As aulas de Yoga abordam técnicas como a postura psicofísica, as técnicas respiratórias, as técnicas de concentração e de relaxamento.

Pilates Clínico

O Pilates Cl√≠nico √© uma modifica√ß√£o do m√©todo inicial (um m√©todo de controlo muscular desenvolvido por Joseph Pilates na d√©cada de 1920) sendo realizada nos anos 90 por Fisioterapeutas, tendo bases cient√≠ficas atuais e reconhecidas internacionalmente.  Consiste num conjunto de exerc√≠cios, divididos em v√°rios graus de dificuldade, para que se torne mais direcionado para a reabilita√ß√£o f√≠sica. Pode ser aplicado individualmente ou em grupo, tendo em vista o problema individual de cada pessoa. Estes exerc√≠cios t√™m como princ√≠pios a manuten√ß√£o da estabilidade da coluna (centro); um correto alinhamento corporal coordenado com a respira√ß√£o; a precis√£o, o controlo e a fluidez de movimentos; e a concentra√ß√£o, de modo a desenvolver a consci√™ncia corporal.  

 

Supervisão Clínica

Por contarmos com o reconhecimento de outros técnicos da área da Psicologia, a partir da atividade de Formação, surgiu a possibilidade de acompanharmos alguns formandos individualmente, pelo que surgiu o serviço de Supervisão Clínica. Este permite acompanhar e auxiliar psicólogos que, por iniciarem a carreira ou por estarem a dar os primeiros passos em alguma área em específico, necessitam de orientação.

 

Formação Profissional

NaForAllpotencializamos um ambiente de trabalho e de formação agradável e saudável, que permitirá ao formando desenvolver competências e atualizar conhecimentos, com o auxílio de profissionais e de formadores certificados pedagogicamente e especializados em diversas áreas de atuação da nossa empresa.

Pretendemos dar resposta às necessidades de formação dos profissionais, sentidas à medida que evoluem enquanto técnicos. Neste sentido, o propósito da empresa prende-se com a relação criada com os seus clientes que, por sua vez, confiam no nosso serviço, reconhecem-no como sendo de qualidade e sentem-se com confiança para colocar as suas dificuldades e solicitar novas temáticas na agenda formativa.

√Č ainda nosso objetivo dar resposta a um maior n√ļmero de solicita√ß√Ķes, diversificar as nossas √°reas de atua√ß√£o, chegar mais pr√≥ximo do nosso p√ļblico-alvo de atua√ß√£o e tornar a nossa posi√ß√£o no mercado mais est√°vel mantendo sempre os seus valores fundamentais.